Amar a si mesmo

Amar a si mesmo é o único amor que resiste a tudo e é para sempre.

Mas afinal, o que é amar a si mesmo, e como reconhecer que estamos realmente nos amando? Isso pode parecer fácil, mas não é. Muitos dizem “Eu me amo”, mas na verdade as atitudes que têm consigo e com os outros estão muito longe de ser um amor próprio. Antes de amar alguém, deveríamos ter certeza de que nos amamos para que este amor ao outro não se torne uma dependência pela carência que temos de nós mesmo.

não se esquecer de amar a si mesmo

Se não sentimos amor pleno por nós mesmos, amar o outro jamais será saudável

Este amor é uma consciência de si como ser único, manifestado em atitudes de respeito, atenção e cuidados com o que dizemos e fazemos, refletido no mal ou bem que tais ações podem causar a nós em primeiro lugar, e ao próximo, uma vez que o que fazemos para os outros volta para nós, quer aceitemos ou não em seu tempo.

Quando começamos a nos amar, este é o momento em que nos aceitamos tal como somos, fisicamente e emocionalmente, com autocrítica em nossos defeitos, entendendo as manifestações de nossos sentimentos, sendo pacientes conosco, respeitando os nossos limites e tempo de mudança, mas com consciência de que não somos perfeitos, e que podemos e devemos melhorar constantemente em tudo para uma vida melhor, o que consequentemente se refletirá nos outros.

Adicionar Comentário