O que motiva você?

O que motiva você? Existem milhares de respostas possíveis, mas duas características resumem o que não nos motiva: a promessa de recompensas e a ameaça da punição — ou a consequência de não terminar uma tarefa.

As recompensas, na verdade, nos forçam a considerar o trabalho de maneira limitada e oferecer incentivos restringe nossa percepção e habilidade de produzir qualquer coisa. Para evitar essa restrição, é possível contar com pequenos truques da psicologia e impulsionar a motivação.

Para isso, crie metas metas concretas para conquistar crescimento pessoal – um fator importante de motivação. Desista de objetivos genéricos como “ser uma pessoa com moral” ou “passar mais tempo com a família”. A teoria de Drucker, também conhecida como S.M.A.R.T., é uma maneira de ajudar a administrar objetivos e reúne cinco conceitos que servem de guia:

Seja Específico: separe metas bem diretas e detalhadas para poder cumpri-las;
Mensure: “quantifique” seu desempenho e tente analisar quanto progresso foi realmente feito após as atividades;
– Trace metas atingíveis: escolha objetivos desafiadores, mas próximos da sua realidade;
Seja realista: objetivos realistas consideram e reconhecem imprevistos e coisas que não podem ser controladas ao longo do caminho. Tenha isso em mente;
– Defina o Tempo limite: não esqueça de definir em quanto tempo pretende completar o objetivo e tente manter as tarefas de acordo com a data escolhida.

33c85b94-89ec-4417-9261-392d3d4ae90cimage4

Considere o aprendizado um de seus objetivos principais

Ao investir em nosso crescimento pessoal, ganhamos conhecimento em certos assuntos e dominar uma ferramenta ou sistema também costuma ser bastante motivador.

Adicionar Comentário